Proteja sua empresa com CARE

Cuidado e Proteção para todos que acessarem seu ambiente

Desenvolvida para contribuir no aumento da proteção contra vírus e bactérias, a Célula de Oxi-Sanitização CARE é importante aliada para os cuidados com sua saúde, de seus colaboradores, parceiros e clientes.



Resultado da parceria entre a Tópico e a Hydrosolution, a célula conta com um mecanismo que cria névoa de ozônio em seu interior. Este poderoso agente desinfetante, que em contato com as roupas destrói vírus e bactérias ali contidos, proporciona sanitização rápida sem agredir a saúde e mitigando riscos de contaminação em segundos!

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

Quebra vírus e bactérias contidos em superfícies expostas como roupas, bolsas, etc;

 

Funciona através de moléculas de ozônio que reagem a nanogotículas de água, criando névoa que sanitiza sem molhar;

 

Como bactericida, ozônio é 3.125 vezes mais eficiente que o cloro, com taxa de abate de vírus e bactérias superior a 99,98%;

 

Não tem efeitos colaterais*;

 

Não agride a roupa ou superfícies expostas;

 

*desde que respeitadas recomendações de uso


Instalação fácil e rápida. Basta acesso a pontos de água e eletricidade;


ECONOMIA - não exige recarga, reabastecimento ou compra de qualquer produto adicional posteriormente. É instalar e usar;


Estrutura compacta – pode ser instalado em qualquer lugar;


Ideal para indústrias, supermercados, prédios de escritórios, condomínios, farmácias, hospitais, locais públicos e onde mais você quiser instalar.








Saiba mais sobre a Célula CARE

Tem interesse em saber mais? Entre em contato conosco pelo Whatsapp, através do 0800 120 1200 ou preencha o formulário e nossa equipe entrará em contato com você.

QUERO MAIS INFORMAÇÕES

Seus dados estão protegidos conosco.

DÚVIDAS FREQUENTES

Como funciona o processo de satinização da célula CARE?


A célula funciona através da dispersão de uma névoa de ozônio associado a nanogotículas de água (forma líquida).


O ozônio é um poderoso saneante, que em contato com superfícies contaminadas, é capaz de eliminar diversos tipos de vírus, bactérias e fungos, destruindo a parede celular e explodindo seu DNA/RNA.

 

Recentemente, a ANVISA liberou uma nota sobre túneis de desinfecção. É correto afirmar que o acesso à célula de Oxi-Sanitização CARE pode fazer mal à minha saúde?


Não, o acesso à célula de Oxi-Sanitização CARE não faz mal à saúde.


A célula não tem capacidade de produção de ozônio em uma concentração danosa, e o tempo de exposição é curto, fatores que fazem com que sua utilização seja totalmente segura;


É importante, no entanto, seguir todas as recomendações de uso.


Para exemplificar, a concentração de ozônio no ambiente é de cerca de 0,1 ppm (partes por milhão) – podendo chegar a 0,8ppm em grandes cidades; em ambientes de trabalho, os limites aceitos internacionalmente seguem 0,1 ppm para 8 horas de exposição contínua ou 0,3ppm para até 15 minutos de exposição contínua.


A concentração máxima de ozônio na célula é de até 0,3ppm e o tempo de exposição, de alguns segundos. Adotando-se a exposição contínua máxima de 30 segundos, ainda estaríamos muito longe de qualquer faixa de risco.


Em que concentração o ozônio pode fazer mal?


Possíveis efeitos adversos do ozônio estão diretamente relacionados à concentração e o tempo de exposição – seja esta exposição a níveis menores mas por tempo muito prolongado ou a níveis mais altos por menos tempo.


Por exemplo: a exposição aguda de 2 horas à quantidade de 2 ppm (partes por milhão) de ozônio pode causar problemas no trato respiratório.


Fazer exercícios na rua durante o período de 7 horas a uma concentração de 0,3 ppm também pode causar problemas da mesma ordem.


A permanência por alguns segundos em concentração de até 0,3ppm – como na utilização da Célula de Oxi-Sanitização Care, é incapaz de causar danos à saúde, já que está muito abaixo dos limites de segurança estabelecidos.


Qual a concentração máxima de ozônio dentro da célula?



No máximo 0,3ppm (partes por milhão).

  

Qual o tempo máximo em que posso me expor ao ozônio?


Na concentração de 0,3ppm (partes por milhão), o tempo máximo recomendado é de 15 minutos. Lembrando que a instrução de utilização da Célula de Oxi-Sanitização Care consiste em atravessá-la lentamente, o que deve levar no máximo alguns segundos.


Os limites de exposição ao ozônio são cumulativos? A exposição por repetidas vezes, e longo prazo pode me fazer mal?


Não, os limites de exposição não são cumulativos, mas sim por evento.


A exposição repetida não fará mal à saúde.

Lembramos que, conforme explicamos acima, o ozônio (em baixa concentração) está no ambiente – convivemos a exposição em nosso dia-a-dia.


Existe alguma restrição de uso ou de idade? Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode usar/acessar a célula?


Sim! Pessoas de todas as idades podem usar a Célula. Não recomendamos, no entanto, o acesso de pessoas com asma, bronquite ou qualquer problema no trato respiratório.

 

Como faço para ligar a Célula de Oxi-Sanitização Care?



Uma vez instalada, em local com acesso a pontos de água e energia elétrica, é apenas ligar

 

Devo desligar a Célula a cada uso?


Não. A Célula pode permanecer ligada, caso haja fluxo de utilização que justifique, sem prejuízo do atingimento da concentração máxima de ozônio de 0,3ppm (partes por milhão).


O que pode acontecer no caso de exposição a ozônio no tempo ou concentração inadequados?


Podem acontecer sintomas leves, como lacrimação, irritação nos olhos, tosse e dor de garganta. Ressaltamos, mais uma vez, que a utilização da célula conforme recomendações de uso é incapaz de causar dados à saúde – dada a baixa concentração de ozônio e baixo tempo de exposição. Caso tenha qualquer sintoma como os relatados acima, recomendamos que o indivíduo afetado não volte a utilizar a Célula.



Existe como comprovar o nível de ozônio dentro da Célula?


Sim – através de medidor de ozônio gasoso.

A Célula de Oxi-Sanitização CARE tem como acessório opcional a instalação de sensor medidor de ozônio. O mesmo pode ser monitorado via sistema de telemetria, tornando possível o controle e armazenamento de dados de acesso por indivíduo.


Lembramos, no entanto, que o equipamento ozonizador que faz parte da Célula não tem capacidade de produção de ozônio superior a 0,3ppm (partes por milhão)

 

Como sei que a sanitização funcionou e posso sair da Célula?


O intervalo de tempo de passagem pela célula foi calculado para que a atmosfera presente seja capaz de agir nas superfícies expostas, em especial as vestimentas.


O objetivo da Célula é sanitizar pessoas?


O objetivo da Célula é sanitizar superfícies e vestimentas.


No entanto, o acesso conforme instruções não é prejudicial à pele e mucosas no acesso de pessoas.


Ela foi desenvolvida para ser mais uma ação mitigadora de propagação de vírus, fungos e bactérias, assim como outras práticas de higiene/higienização.



A sanitização com a Célula de Oxi-Sanitização CARE dispensa a lavagem de mãos ou uso de álcool gel?


Não. A sanitização com a Célula é uma medida adicional – ainda que abrangente, uma vez que o ozônio na forma de névoa envolve a superfície, destruindo os agentes indesejados.


No entanto, não dispensa outras medidas de higiene como a lavagem das mãos, uso de álcool gel e máscaras.


Quanto tempo demora para a sanitização da Célula fazer efeito? Por quanto tempo estarei protegido?


A ação da do ozônio presente na Célula é instantânea, e continua ainda por alguns instantes após acesso, uma vez que as nanogotículas de ozônio em forma aquosa permanecem nas superfícies/vestimentas, destruindo os agentes indesejados.


O efeito, assim como o uso de álcool gel, lavagem de mãos e outras medidas de higiene é válido no momento de utilização, não causa imunização, não previne contaminação futura em caso de contato com superfície contaminada e não dispensa os cuidados de higiene e prevenção recomendados pelas autoridades sanitárias.



Após acesso à Célula, estarei imune a vírus, fungos e bactérias?


Não. A Célula proporciona medida adicional de higiene e mitigação de propagação desses organismos. O efeito, no entanto, é momentâneo.

O contato posterior com superfícies contaminadas causará contaminação.

 

O ozônio cura o Coronavirus – COVID19 (SARS-COV 2)?


Não. O ozônio e a exposição a ele, seja nas formas líquida ou gasosa, não é capaz de curar o coronavirus.


A sanitização com ozônio funciona para o Coronavirus – COVID 19 (SARS-COV 2)?


O COVID-19 (causado pelo vírus Sars-Cov 2) é uma doença muito nova – todos os estudos especificamente relacionados a ela, estão ainda em andamento.


Existe vasta pesquisa e publicação de artigos científicos sobre a utilização bem-sucedida de ozônio contra vírus envelopados (assim como o COVID-19).


O ozônio age nestes vírus como um oxidante, difundindo-se através de seu envelope e de seu revestimento (de proteína), causando danos ao DNA ou RNA viral.


Testes bem sucedidos já foram realizados em vírus como SARS e MERS (estrutura semelhante ao SARS-COV 2) e até H1N1, com resultados 99% de destruição dos vírus em contato com ozônio.


Portanto, embora não haja ainda comprovação científica, pela composição do vírus que causa a COVID-19 (SARS-COV-2) e ação comprovada do ozônio para organismos com esse tipo de composição, conclui-se que é altamente provável que o ozônio seja também eficaz contra este vírus.

Destacando mais uma vez que a premissa vale para sanitização momentânea e não imunização.


A Tópico e a HydroSolution, empresas responsáveis pela criação da Célula de Oxi-Sanitização Care, já tem ações em andamento no sentido de comprovar/certificar a utilização do ozônio contra o Sars-Cov 2 – estimamos que, em breve, os estudos estarão disponíveis para consulta neste website.





A marca CARE™, seus logotipos e conteúdos são marcas registradas. 2020 - Todos direitos reservados.

GOSTARIA DE MAIORES INFORMAÇÕES 0800 120 1200